Author Archives: rilarytrautmann

Falta de organização: Como lidar com o problema

org2

O post de hoje é polêmico pra mim, rsrsrs. É bem complicado ser desorganizado e geralmente não gostamos de admitir quando somos, mas esse é um problema antigo meu, há muito tempo a minha falta de organização me causa problemas, atraso em projetos, rotina extremamente cansativa, insucesso em alguns planos… enfim, atrapalha muito não é?

Como eu disse, o incômodo que isso vinha me causando resultou numa mudança radical no meu estilo de vida. Como qualquer mudança, o processo é gradativo, exige esforço, disciplina e muita força de vontade.  Assim como qualquer hábito, a desorganização é algo que a gente leva com  a gente em todos os lugares e em tudo que fazemos, portanto temos que ter disciplina  para mudar a forma como costumávamos fazer as coisas, dessa forma, gradualmente toda a rotina se encaixa e os velhos hábitos vão sendo substituídos por novos. Entendido isso, vamos por partes:

Como saber se sou desorganizada (o) ?

Essa é uma parte delicada, mas que não exige muito esforço, convenhamos, nós sabemos quando somos desorganizados, o chato e complicado é admitir isso em voz alta e para os outros. Então, o primeiro passo é aceitar que precisamos nos organizar, como em qualquer processo de mudança , temos que ver que realmente há necessidade de mudança.

Mas…. para aqueles que acham que não são desorganizados, que tal um pequeno teste? Criei essas duas listas, leia bem os itens e tente identificar aqueles que fazem parte do seu dia-a-dia, tanto no ambiente de trabalho quanto em casa.

desorganizacaocasa

Identificou muita coisa? Agora vamos checar no ambiente de trabalho….

desorganizacaotrabalho

Provavelmente se você tem dificuldades e problemas com organização, você se viu em muitas das situações listadas acima. Como eu disse o primeiro passo importante é a identificação do problemas, depois disso partimos para os passos necessários com novas habilidades e estrategias para lidar com o problema.  

 Por onde começo  a me organizar?

O primeiro de tudo é: tenha uma mente clara e limpa. Quando você consegue visualizar tudo o que tem que ser feito ou tudo o que necessita da sua atenção, fica mais claro e fácil a organização. Não vou falar sobre todos os passos, porque decidi fazer esses posts segmentados, ao invés de despejar todas as informações de uma vez.  

Mas aqui fica minha dica pra hoje: vá para um lugar tranquilo e anote tudo o que você deseja mudar que seja relacionado à organização. Comece pelo seguinte tópico, vida pessoal. Anote desde a sua vontade de acordar mais cedo até o exercício físico que você deseja fazer. No próximo post vamos aprender a reorganizar tudo isso. 

Até logo, Rilary. 

 

De volta

versatil

Eu realmente pensei muito sobre isso tudo. ” Devo voltar?” ” Que tal me dedicar somente ao trabalho e aos estudos?” ” Talvez, depois” ” Mas será que fará diferença?”. Quem me acompanha sabe que desde cedo sempre mostrei meu interesse por expor minhas opiniões, por moda, por blogs. Aos 13 criei o primeiro, vários nomes, vários assuntos, muitas idas e vindas, reconhecimento e finalmente quando estava tendo o retorno do meu trabalho eu parei. Muitos foram os motivos, recebi mensagens ( ” Rilary, cadê o blog??”) lojas parceiras me procuraram, eu sempre dizia que ia voltar e aí me apressava, fazia compromissos e acabava não fazendo nada.

Eu sumi gente, ninguém mais me viu em eventos, em posts, em lojas, em looks do dia, porque eu realmente precisava parar. Precisei de um tempo pra encontrar minhas prioridades, meus pontos fortes, pra me reestruturar, tanto fisicamente quanto mentalmente. Eu nunca fui a favor de pausas, era daquelas que queria fazer já, agora, hoje, mas como diz minha mãe : ” A pressa é inimiga da perfeição.” E eu não queria entregar nada meia boca pra vocês, nem posts, nem fotos, nem dicas. Mudei minha opinião sobre pausas, elas são ótimas, porque existem momentos da vida em que chegamos ao ponto zero, a um lugar ou situação em que se você não parar pra colocar ordem na casa a bagunça só aumenta, foi aí, no meu ponto zero, que eu decidi dar uma pausa e só voltar quando eu achasse que enfim, estaria preparada pra fazer o que queria, como queria.

Na minha pausa, eu pensei sobre muita coisa, mudei muita coisa, o blog foi uma delas. Eu realmente pensei em não voltar, mas isso é algo que gosto de fazer e do qual não poderia me privar. Então cá estamos nós, de volta, com um novo nome. Versatilidades, porque não quero me limitar a falar sobre moda,  não vou prometer nada a vocês, tenho coisas em mente, mas vamos deixar para mais adiante.

Agora só quero agradecer, obrigada por passar por aqui, obrigada pelo carinho.

Obrigada a mim por me dar uma pausa e voltar, muito mais versátil. Muito mais eu mesma.

Com carinho, Rilary.

 O verão e as tendências 40º

O verão aqui de Imperatriz, é uma constância que não abandona nossas vidas, exceto por esse período de finalzinho e início de ano quando o tempo fecha um pouco mais e as chuvas dão o ar da graça certo? Mesmo assim, durante o dia as temperaturas são altas e nós temos que buscar roupas que não incomodem tanto, por esse motivo as roupas diminuem e os tecidos se tornam mais leves.

Esse ano o verão trouxe algumas tendências bem bacanas, super femininas e que podem dar um ar sexy e ao mesmo tempo sutil e despojado aos looks e para aproveitar o calor, sem deixar o estilo de lado, listei cinco tendências super bacanas para vocês.

Fendas:

Essa tendência é uma das minhas preferidas, ao contrário do que se pode pensar, nesse calor podemos investir nos comprimentos mais longos, o segredo é optar por tecidos mais leves, aliado a isso uma fenda deixa a produção bem mais interessante. Além de dar conforto de movimento, aquele daquele com um pouco de pele a mostra deixa a produção mais sexy e feminina.

LOOKSLY - Camila Milagres com pantacourt vermelha com fendas e cropped ombro a ombro floral do Verão 2017:

Meninas, uma peça poderosa e que está super em alta é a Saia com fenda! A saia pode ser midi, longa e até curta e a fenda costuma ir até o meio da cox...:

Street Style Vestido Preto Fenda:

A modelos com fenda também é uma grande aposta para 2016/2017 use e abuse além de lindas dam todo um charme sensual se está dor a proposta, use sem medo de errar.:

ideia look de acordo com o tempo de fortaleza:

Ombros de fora:

O ombro a ombro está de volta e tem sido muito requisitado e visto nas produções das it-girls e fashionistas, além de ser a cara do verão e combinar muito com esse calorão que temos por aqui, a tendência é bacana porque o ombro e o colo são partes muito lisonjeiras de uma mulher, independente da idade ou do corpo, um pouco de ombro a mostra sempre deixa o look mais ousado, feminino e sexy e o ombro a ombro permite isso tudo com muito bom gosto.

look all black calça flare e blusa decote ombro a ombro:

Como usar o decote ombro a ombro? Vem descobrir!:

Como usar decote ombro a ombro - Moda verão:

vestido ombro a ombro + jaqueta jeans:

7 tendências que vão bombar no verão:

Camisoles e Slip Dress

Eu sei que essa é uma tendência difícil de ser aderida por aqui, mas vamos lá. Você não precisa necessariamente colocar a camisola e sair (ou acordar e sair rs) , existem regatinhas de tecidos leves ( as camisoles) e também o slip dress, que segue o mesmo estilo mas como o próprio nome diz, são vestidinhos, há vários modelos, acetinados ou não, com ou sem detalhes de renda, as opções são infinitas e todas as características dessa tendência são herdadas das lingeries. São peças versáteis, femininas, fresquinhas e o melhor: estão super em alta.

Gorgeous Fashiion : Fotografia #acetinados #brilhos #sleepdress #streetstyle #FocusTextil:

if I had a heart - Monoxious:

Street style look com regata preta e calça jeans:

Street style look com camisole top:

Costas decotadas:

Não tem muito o que falar, um decote nas costas é um detalhe poderoso, revelador e uma surpresa maravilhosa no look. Eu particularmente acho que funcionam muito bem em peças longas e em looks monocromáticos.

Look básico, mas chic com calça jeans branca e regata cinza mescla com decote nas costas:

Vestido Sexy com Tênis:

Follow: Bonjour Jacquet https://www.facebook.com/bonjourjacquet:

Bodysuit

Ele é o queridinho do momento, além de ser uma peça naturalmente mais sexy, ele é versátil e te dá o oportunidade de fazer ótimas sobreposições. São vários modelos e estampas desde os mais cavados nas laterais até os com decotes nas costas e detalhes em renda ( seriam três tendências em uma só?). Acho uma peça muito sexy e feminina então pra não pesar na composição do look eu super indico com saias mais soltas e longas, ou calças com a barra mais curta, vale jogar um kaftan por cima também.

Bodysuit com calça pantalona em look total black:

Daily Style Directory: Lily Aldridge:

kendall-jenner-in-ripped-jeans-out-in-west-hollywood-8-30-2016-1.jpg (1280×1920):

Vestido longo e cinto .:

 E então? Gostaram?

Até o próximo post!

Rilary

Os looks de Marina Ruy Barbosa na Paris Fashion Week

Marina Ruy Barbosa é a uma das it-girls brasileiras que mais acompanho e gosto. O estilo feminino, delicado e ao mesmo tempo moderno da moça garante looks lindos e o resultado são produções que esbanjam sensualidade ( na medida certa), feminilidade e sempre encantam a nós mulheres. Eu particularmente adoro e a tenho usado como referência para uma mudança total de style no meu guarda-roupa.

A moça vem se destacando não somente nas telas, mas no cenário da moda também, já é a queridinha de muitas marcas e teve presença marcada na semana de moda de Paris, onde apostou em produções certeiras, que chamaram atenção, tanto pelo estilo quanto pelo conjunto de looks em que a atriz apostou.  A atriz esteve presente em desfiles de marcas consagradas, como Valentino, Elie Saab ,Dior, Miu Miu e conquistou vários cliques com o styling assinado pela dupla Juliano Pessoa e Zuel Ferreira.

Pensando nisso, resolvi fazer esse post com a seleção de looks que Marina desfilou. Para o desfile da marca Dior, a atriz aptou por um vestido de Alta-Costura da marca, no fashion show a escolha foi um vestido de renda com comprimento midi, com aplicações e transparência, já para a festa da grife que aconteceu pela noite o look escolhido foi um vestido longo vermelho deslumbrante com um combo de acessórios na mesma cor.

Para o desfile de Elie Saab, Marina apostou nas cores vermelho e preto, em um vestido com modelagem mais recatada, de mangas longas porém que não perdeu o ar de sensualidade por conta do decote generoso, nos pés sandálias de tira e salto fino e uma bolsa Gucci com estampa de corações. Um vestido dourado, saia de couro com jaqueta de onça, transparência, midi e renda foram outras das apostas da atriz.

Confira:

 

 

Fitting Valentino! | Esse óculos incrível é @lapimaofficial | #gingertips Foto: @fotografobrasileiroemparis #pfw

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

#gingertips @voguebrasil @cidadejardimshopping #pfw

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

@maisonvalentino Foto: @leofaria Stylist: @leeoliveira

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

Nascido numa cidadezinha próxima a Milão e consagrado em Paris, foi em Barcelona que Valentino teve a inspiração que marcaria sua carreira. Na década de de 50, ele era frequentador assíduo da Opera de Barcelona, onde via muitos espetáculos com figurinos vermelhos. Ficou apaixonado pela cor. “Uma mulher vestida de vermelho está sempre magnífica; ela é, no meio da multidão, a imagem perfeita da heroína”, afirmou Valentino em várias ocasiões. Nascia assim o Vermelho Valentino, uma cor profunda, sangüínea, passional, que se tornou referência de beleza e elegância. Por tudo isso eu escolhi vermelho pra hoje! ?❤️ #gingertips Clique do meu amigo querido que eu amo: @brunoastuto Beauty: @punzmann Tks @thepeninsulaparis

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

? @leofaria #gingertips

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

Hoje na @louisvuitton! Foto: @leofaria #gingertips

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

Último desfile do #pfw @miumiu Foto: @erica10carvalho

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

@miumiu

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

Cidade linda! ? ? @leofaria #gingertips

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

? @leofaria #gingertips

Uma foto publicada por Marina Ruy Barbosa (@marinaruybarbosa) em

5 dicas de estilo para a vida!

f7bc5f3e902366225c0370d2f1fe611c

Hey meu amores! Cá estou eu de volta e pronta pra anunciar pra vocês muita coisa boa que vem por aí, mês de julho promete heim! Apesar dos pesares ( como perder muitos conteúdos por aqui depois de trocar de servidor), esse tempo off me proporcionou muitas ideias boas e parcerias novas e incríveis e eu espero que vocês continuem por aqui acompanhando tudo! Aliás, gostaria de agradecer, pois mesmo o blog estando sem atualizações, tivemos cerca de 2.000 views só no mês de junho e sou muita grata por isso! Obrigada a todos que acompanham <3 . Mas, vamos aos post de hoje, resolvi trazer 5 dicas de estilo, porque é o que venho vendo que algumas meninas sempre pedem. Pra quem não sabe, comecei a trabalhar á dois meses atrás na Espaço Vogue, comecei a parceria com a loja em janeiro e agora é o meu local de trabalho, têm sido uma novidade maravilhosa, porque além de ser meu primeiro emprego, me colocou ainda mais próxima desse universo feminino. O que notei foi que, sempre que chega uma cliente nova os pedidos e perguntas são os mesmos, como fazer uma combinação, como usar, o que fazer, como fazer…. Apesar de cada uma ter sua identidade e personalidade, tento mostrar e dar dicas legais para que elas possam inserir e aproveitá-las no seu dia-a-dia. Claro que isto não é um manual que deve ser seguido á risca, você tem que colocar em prática aquilo que acha bacana e que vá agregar ao seu estilo pessoal.  É muito comum achar listas de dicas e regras mas é importante que você conserve a sua originalidade, afinal estilo é isso. Fiz uma seleção de 5 dicas que encontrei e achei bacanas e espero que gostem:

1. Encontre seu estilo

DICAS-PARA-SER-MAIS-ESTILOSA-5

( Reprodução: E aí, Beleza)

Sempre digo que é muito importante achar sua zona de conforto dentro do seu modo de se vestir, muitas mulheres e meninas são ecléticas quando o assunto é roupa,  o que trás uma certa versatilidade na hora de se vestir, mas outras gostam de manter um padrão. Existem diferentes estilos e segmentos, se encontrar numa infinidade de maneiras de combinação e styling facilita na hora de montar um look e contribui até mesmo para o seu autoconhecimento. Pesquisar em revistas, fazer testes,  sessões com um consultor de estilo e separar  referências e imagens te ajudam na hora de saber o que combina mais com você. Esse post  que a Karol do E aí Beleza fez dá dicas incríveis, vale a pena!

2. Tenha “peças curingas”

Pode parecer uma dica clichê, mas existem peças que são uma verdadeira ajuda na hora de montar looks, que caem bem em qualquer ocasião e que transformam um look básico em um sofisticado.  Esse post da Cris no Com Que Roupa Eu Vou dá dicas muitas boas de peças básicas que fazem composições ótimas e femininas.

3. Planeje o look com antecedência

Essa dica é muito boa para quem tem uma rotina corrida e não tem muito tempo para fazer combinações na hora de se arrumar, é boa e prática porque economiza tempo no dia seguinte. Essa foi uma dica que eu coloquei em prática e que me ajudou muito, faço isso sempre na noite anterior, antes de dormir e no dia seguinte fica tudo bem mais fácil! 

4. Inspire-se 

estilo

Essa parte é uma das minhas preferidas, eu adoro folhear revistas e ver looks e combinações em sites, blogs e no Instagram. Se inspire a partir de pessoas com quem você se identifica e acha que tem muito estilo! Não estou dizendo que você deve copiar o estilo de alguém, mas ter referências ajuda em tudo! Particularmente, adoro o estilo da Gigi Hadid, da blogueira Thássia Naves  e da Jamie Chung. Estou sempre acompanhando elas pelas redes sociais e volta e meia me pego usando-as como referência na hora de montar um look. 

5. Invista em acessórios

Até pouco tempo atrás eu pecava muito nesse quesito, quase não usava acessórios. Hoje sou adepta de maxi brincos, colares e venho amando a tendência do pulseirismo. Os acessórios são aliados na hora de montar um look descolado e são uma boa pedida para aquelas horas em que montamos um look bem básico, pois os acessórios podem dar uma diferenciada.

E então? O que acharam? Deixa a sua dica de estilo aqui nos comentários :*

Look do Dia: Folhagem

Sexta- feira fui conferir alguns looks da coleção primavera/verão da Espaço Vogue, uma das novidades dessa estação é a chegada da Lez a Lez à loja, trazendo peças lindas e com um toque urban beach super bacana. Uma das minhas peças preferidas é esse 19vestido em neoprene com estampa de folhagem. 

IMG_1479 IMG_1487 IMG_1488 IMG_1489 IMG_1492 IMG_1493

 

Fotos: Mateus Mendes

Pra quem gostou, a Espaço Vogue fica no Imperial Shopping, 2º piso.

Como começar a estudar Design Gráfico

designpost

Oi amores! O post de hoje é um daqueles que fiquei idealizando por muito tempo, tomei bastante cuidado com as referências e li muito para elaborar tudo e trazer para vocês. Bom, pra quem não sabe, recentemente troquei de emprego, recebi uma proposta pra trabalhar como design gráfico em uma agência de publicidade. Topei na hora, claro! Sempre adorei design, mas nunca imaginei exercer e ganhar dinheiro com isso. Quando criei meu primeiro blog ( há 4 anos atrás) comecei a estudar formas e ferramentas de criar, isso porque sempre gostei que os meus blogs tivessem conteúdo original e queria que tudo desde os textos ás montagens fossem obra minha. Com o passar do tempo fui descobrindo as mudanças originadas nos códigos com HTML e CSS, depois comecei a me aventurar no Fireworks, Illustrator e Corel. Dessa forma, tudo que sei foi aprendido de forma muito autodidata, pesquisando e claro, errando muito pra acertar. Eu fico “satisfeita” com o que produzo, mas sempre acho que podemos melhorar e exatamente por isso fui atrás de mais fontes, cursos e tudo o que possa me trazer novas referências, como li muita coisa sobre o assunto, decidi reunir aqui no blog dicas pra quem assim como eu está estudando sobre design gráfico.

O primeiro tópico de muitos dos artigos que li foi: ” Preciso fazer faculdade/ curso? “

Li muito sobre e o que absorvi foi que você não precisa necessariamente fazer faculdade de Design pra poder trabalhar e exercer bem a sua função, é possível estudar sozinho e conseguir ter aproveitamento, mas a minha opinião é que: curso (s) e/ou faculdade vão oferecer à você uma grade de assuntos importantes que vão te dar uma base teórica e prática forte. Foi exatamente por isso que eu resolvi fazer cursos – aliás, para quem mora em Imperatriz, a Oxigênio Coworking vai realizar um de Comunicação Visual, dividido em módulos- e buscar mais referências.

Adquira boas ferramentas.Os aplicativos padrões da indústria são o Adobe Photoshop e o Adobe Illustrator (se você planeja expandir, a Suite Criativa da Adobe inclui o Acrobat, Dreamweaver, Illustrator, Premiere, Photoshop, InDesign e After Effects). Embora ambos aplicativos tenham sido projetados para serem de fácil uso, eles têm muitas funcionalidades e você precisará de muito esforço e foco para aprender a usá-los completamente.  Eu tenho todo o pacote da Adobe, mas os que mais uso são Illustrator e Fireworks. 


livros

Compre livros didáticos: Em qualquer área é necessário adquirir bons livros, isso te dá um bom embasamento na área e boas dicas pra você. Andei pesquisando e boas apostas na área do design gráfico são:

“A história da arte”, de Ernst Gombrich

Livros de história costumam ser um pouco cansativos, pois há uma infinidade de dados pormenores no decorrer da narração dos fatos. No entanto, este clássico das aulas de história da arte consegue ser diferente; Gombrich escreve de maneira fluida e a leitura é bem prazerosa. É um livro que facilita a compreensão dos movimentos artísticos e devo dizer que suas inúmeras páginas apresentam um panorama histórico bastante completo.

ChocolaDesign-  Kátia Keiko

História do Design Gráfico – CidKnipel Moreira

Considerado a mais completa história do design gráfico até hoje, o livro toma como marco zero as pinturas rupestres de Lascaux, realizadas há mais de 10 mil anos, passando pela invenção da escrita, as origens da imprensa no oriente e no ocidente, a Revolução Industrial, as vanguardas do início do século XX, chegando ao design pós-moderno e a era digital nos séculos XX e XXI. Embora o espectro coberto por História do design gráfico seja verdadeiramente monumental, seu discurso é construído com relatos e exemplos sucintos e cuidadosamente selecionados, prestando-se tanto à pesquisa conceitual como à investigação factual e de repertório. Uma extensa bibliografia dividida por capítulos facilita o aprofundamento dos temas abordados. A edição brasileira foi inteiramente re-diagramada e incluiu uma abrangente revisão qualitativa das imagens reproduzidas, resultando numa publicação que, além de indispensável, chega ao mercado nacional amadurecida e aperfeiçoada.

Princípios Universais do Design, por William Lidwell

 

Simples, claro e abrangente. Essa é uma base sólida para a solução de problemas em todas as áreas do design.

De hierarquia e lei de Hick a modelos mentais e mind-mapping, o texto cobre muitos dos princípios de design mais importantes. O livro apresenta um princípio por página, e uma página de acompanhamento com exemplos. Uma grande referência prática.

João Faraco

Existem outros livros incríveis sobre o assunto, mas vou trazer uma lista mais ampla sobre eles num post exclusivo. 

Envolva-se com a comunidade de designers:  Praticar em casa é uma forma boa e segura de aprender o básico, mas você precisa se colocar no marcado para que possa ter um retorno. Embora possa ser doloroso no início, mantenha seu ego de lado e leve a sério as dicas, a recompensa vai ser enorme. Além disso, é importante ver o que outras pessoas estão fazendo para que você se exponha a mais do que apenas um ou dois estilos de design. Assim como em qualquer negócio, o networking é importante no design gráfico, especialmente se você pretende trabalhar como freelancer. Faça amigos, mantenha o contato, esteja disposto a aprender e você pode acabar com um trabalho.

A Equilibrista -colagem manual:

Busque referências: Estude o trabalho de profissionais mais conceituados e que estão a mais tempo no mercado, selecione os que você mais admire e observe os padrões que eles seguem. Isso ajuda você encontrar seu próprio padrão e definir como gosta de trabalhar. Em breve farei um post com os meus preferidos.

Bom, não vou reunir tudo nesse post, serão vários artigos publicados por aqui dando dicas sobre determinados fatores. Fiquem de olho! Você tem mais alguma dica que quer deixar por aqui?

Jantar de O Boticário com Kal Nascimento

No dia 28 de setembro tive a honra de receber um convite da equipe do O Boticário para um jantar super especial com Kal Nascimento, vencedor da terceira edição do reality show Desafio da Beleza do canal GNT, falei sobre o convite  e um post e como prometido trouxe todas as fotos para vocês conferirem. A noite foi super agradável, Kal deu várias dicas, falou um pouco sobre  as nova coleção Make B. Color Adapt® e Make B. Lumina Collection, sobre sua trajetória e de quebra ainda recebemos vários mimos.

Desde já agradeço o convite à equipe do O Boticário e pra você que ainda não conhece a coleção nova, vale super a pena!

DSC_0011 DSC_0016 DSC_0019 DSC_0023 DSC_0032 DSC_0033 DSC_0058 DSC_0090 DSC_0106 DSC_0117 DSC_0035 DSC_0025

 Fotos: Vicente Garros

Look do Dia: Your Code Lez a Lez

Ontem foi o primeiro dia de Bazar Beauty aqui na cidade, como fui pela tarde e aqui está fazendo muito calor, decidi colocar algo bem simples. Por isso apostei em uma t-shirt básica e linda da Lez a Lez- aqui em Imperatriz, você encontra a marca na loja Espaço Vogue, no Imperial Shopping 2º piso – um jeans e um modelo anabela da  Melissa. Espero que gostem :

DSC_1157

 

DSC_1158

 

DSC_1160

DSC_1167

DSC_1185DSC_1187

 

Até o próximo post!