Look do Dia: Folhagem

Sexta- feira fui conferir alguns looks da coleção primavera/verão da Espaço Vogue, uma das novidades dessa estação é a chegada da Lez a Lez à loja, trazendo peças lindas e com um toque urban beach super bacana. Uma das minhas peças preferidas é esse 19vestido em neoprene com estampa de folhagem. 

IMG_1479 IMG_1487 IMG_1488 IMG_1489 IMG_1492 IMG_1493

 

Fotos: Mateus Mendes

Pra quem gostou, a Espaço Vogue fica no Imperial Shopping, 2º piso.

Como começar a estudar Design Gráfico

designpost

Oi amores! O post de hoje é um daqueles que fiquei idealizando por muito tempo, tomei bastante cuidado com as referências e li muito para elaborar tudo e trazer para vocês. Bom, pra quem não sabe, recentemente troquei de emprego, recebi uma proposta pra trabalhar como design gráfico em uma agência de publicidade. Topei na hora, claro! Sempre adorei design, mas nunca imaginei exercer e ganhar dinheiro com isso. Quando criei meu primeiro blog ( há 4 anos atrás) comecei a estudar formas e ferramentas de criar, isso porque sempre gostei que os meus blogs tivessem conteúdo original e queria que tudo desde os textos ás montagens fossem obra minha. Com o passar do tempo fui descobrindo as mudanças originadas nos códigos com HTML e CSS, depois comecei a me aventurar no Fireworks, Illustrator e Corel. Dessa forma, tudo que sei foi aprendido de forma muito autodidata, pesquisando e claro, errando muito pra acertar. Eu fico “satisfeita” com o que produzo, mas sempre acho que podemos melhorar e exatamente por isso fui atrás de mais fontes, cursos e tudo o que possa me trazer novas referências, como li muita coisa sobre o assunto, decidi reunir aqui no blog dicas pra quem assim como eu está estudando sobre design gráfico.

O primeiro tópico de muitos dos artigos que li foi: ” Preciso fazer faculdade/ curso? “

Li muito sobre e o que absorvi foi que você não precisa necessariamente fazer faculdade de Design pra poder trabalhar e exercer bem a sua função, é possível estudar sozinho e conseguir ter aproveitamento, mas a minha opinião é que: curso (s) e/ou faculdade vão oferecer à você uma grade de assuntos importantes que vão te dar uma base teórica e prática forte. Foi exatamente por isso que eu resolvi fazer cursos – aliás, para quem mora em Imperatriz, a Oxigênio Coworking vai realizar um de Comunicação Visual, dividido em módulos- e buscar mais referências.

Adquira boas ferramentas.Os aplicativos padrões da indústria são o Adobe Photoshop e o Adobe Illustrator (se você planeja expandir, a Suite Criativa da Adobe inclui o Acrobat, Dreamweaver, Illustrator, Premiere, Photoshop, InDesign e After Effects). Embora ambos aplicativos tenham sido projetados para serem de fácil uso, eles têm muitas funcionalidades e você precisará de muito esforço e foco para aprender a usá-los completamente.  Eu tenho todo o pacote da Adobe, mas os que mais uso são Illustrator e Fireworks. 


livros

Compre livros didáticos: Em qualquer área é necessário adquirir bons livros, isso te dá um bom embasamento na área e boas dicas pra você. Andei pesquisando e boas apostas na área do design gráfico são:

“A história da arte”, de Ernst Gombrich

Livros de história costumam ser um pouco cansativos, pois há uma infinidade de dados pormenores no decorrer da narração dos fatos. No entanto, este clássico das aulas de história da arte consegue ser diferente; Gombrich escreve de maneira fluida e a leitura é bem prazerosa. É um livro que facilita a compreensão dos movimentos artísticos e devo dizer que suas inúmeras páginas apresentam um panorama histórico bastante completo.

ChocolaDesign-  Kátia Keiko

História do Design Gráfico – CidKnipel Moreira

Considerado a mais completa história do design gráfico até hoje, o livro toma como marco zero as pinturas rupestres de Lascaux, realizadas há mais de 10 mil anos, passando pela invenção da escrita, as origens da imprensa no oriente e no ocidente, a Revolução Industrial, as vanguardas do início do século XX, chegando ao design pós-moderno e a era digital nos séculos XX e XXI. Embora o espectro coberto por História do design gráfico seja verdadeiramente monumental, seu discurso é construído com relatos e exemplos sucintos e cuidadosamente selecionados, prestando-se tanto à pesquisa conceitual como à investigação factual e de repertório. Uma extensa bibliografia dividida por capítulos facilita o aprofundamento dos temas abordados. A edição brasileira foi inteiramente re-diagramada e incluiu uma abrangente revisão qualitativa das imagens reproduzidas, resultando numa publicação que, além de indispensável, chega ao mercado nacional amadurecida e aperfeiçoada.

Princípios Universais do Design, por William Lidwell

 

Simples, claro e abrangente. Essa é uma base sólida para a solução de problemas em todas as áreas do design.

De hierarquia e lei de Hick a modelos mentais e mind-mapping, o texto cobre muitos dos princípios de design mais importantes. O livro apresenta um princípio por página, e uma página de acompanhamento com exemplos. Uma grande referência prática.

João Faraco

Existem outros livros incríveis sobre o assunto, mas vou trazer uma lista mais ampla sobre eles num post exclusivo. 

Envolva-se com a comunidade de designers:  Praticar em casa é uma forma boa e segura de aprender o básico, mas você precisa se colocar no marcado para que possa ter um retorno. Embora possa ser doloroso no início, mantenha seu ego de lado e leve a sério as dicas, a recompensa vai ser enorme. Além disso, é importante ver o que outras pessoas estão fazendo para que você se exponha a mais do que apenas um ou dois estilos de design. Assim como em qualquer negócio, o networking é importante no design gráfico, especialmente se você pretende trabalhar como freelancer. Faça amigos, mantenha o contato, esteja disposto a aprender e você pode acabar com um trabalho.

A Equilibrista -colagem manual:

Busque referências: Estude o trabalho de profissionais mais conceituados e que estão a mais tempo no mercado, selecione os que você mais admire e observe os padrões que eles seguem. Isso ajuda você encontrar seu próprio padrão e definir como gosta de trabalhar. Em breve farei um post com os meus preferidos.

Bom, não vou reunir tudo nesse post, serão vários artigos publicados por aqui dando dicas sobre determinados fatores. Fiquem de olho! Você tem mais alguma dica que quer deixar por aqui?

Jantar de O Boticário com Kal Nascimento

No dia 28 de setembro tive a honra de receber um convite da equipe do O Boticário para um jantar super especial com Kal Nascimento, vencedor da terceira edição do reality show Desafio da Beleza do canal GNT, falei sobre o convite  e um post e como prometido trouxe todas as fotos para vocês conferirem. A noite foi super agradável, Kal deu várias dicas, falou um pouco sobre  as nova coleção Make B. Color Adapt® e Make B. Lumina Collection, sobre sua trajetória e de quebra ainda recebemos vários mimos.

Desde já agradeço o convite à equipe do O Boticário e pra você que ainda não conhece a coleção nova, vale super a pena!

DSC_0011 DSC_0016 DSC_0019 DSC_0023 DSC_0032 DSC_0033 DSC_0058 DSC_0090 DSC_0106 DSC_0117 DSC_0035 DSC_0025

 Fotos: Vicente Garros

Look do Dia: Your Code Lez a Lez

Ontem foi o primeiro dia de Bazar Beauty aqui na cidade, como fui pela tarde e aqui está fazendo muito calor, decidi colocar algo bem simples. Por isso apostei em uma t-shirt básica e linda da Lez a Lez- aqui em Imperatriz, você encontra a marca na loja Espaço Vogue, no Imperial Shopping 2º piso – um jeans e um modelo anabela da  Melissa. Espero que gostem :

DSC_1157

 

DSC_1158

 

DSC_1160

DSC_1167

DSC_1185DSC_1187

 

Até o próximo post!

 

 

Três perfis para seguir e se inspirar no Pinterest

O Pinterest é a famosa rede social de compartilhamento de fotos que anda fazendo a cabeça de quem adora se inspirar e colecionar imagens legais, apesar de não ser nova (existe desde 2012) muita gente anda acordando agora pras funcionalidades maravilhosas da rede. Estou em uma nova fase, trabalhando com design gráfico e por isso tenho andado estudando bastante e colecionando várias inspirações, além de claro, buscar referências. Pensando nisso, decidi trazer um post com perfis bacanas que encontrei por lá.

loma

O primeiro perfil que vou indicar é o da querida Loma, dona do Sernaiotto (blog super bacana pra você que é blogueira e quer se organizar). A Loma, além de mandar super bem na identidade visual, também tem coleções de pins lindos lá no Pinterest. Ela é bem clean, então se você procura paletas de cores claras, flores e design limpo o perfil dela é uma boa pedida.

The Best Online Resources for Professional Women | Of Mercer:

The Sampler Header Image Bundle by Design Love Shop on Creative Market:

moodboard by breanna rose / feminine edge:

Shoes: Madewell:

Quando o assunto é moda e universo feminino, pode ter certeza que você vai querer seguir centenas de perfis.kendi

Vou fazer um post exclusivo de inspirações com a tag ” moda”  no Pinterest, mas enquanto o post não sai, fica aqui a dica do perfil da Kendi, DIY , estilos, acessórios, beleza….. o perfil é um mix de inspirações e vale muito a pena! Além disso o blog dela é muito bacana também!

Kendi Everyday:

Asymmetric pumps.:

everyday basics.:

denim jacket and white dress:

Na categoria Lifestyle e decoração fica como dica o Random House, o perfil está cheio de ideias e inspirações super bacanas pra você que procura por decoração.

random

Bookshelves:

Chalkboard wall in kitchen:

.:

E então? Quais as indicações de vocês?

Até o próximo post!